quarta-feira, 7 de abril de 2010

Pelo direito de caroçar!

Hoje passei numa loja que adoro pra ver umas coisas aqui pra casa. Estou precisando de uma mesa de centro e 4 cadeiras la pra fora e então resolvi começar a procurar.
Se tem uma coisa que eu não suporto é vendedora na minha cola.
Sabe grude? daquele tipo que se você para ela bate o nariz nas suas costas?
E foi justamente isso que aconteceu.
A loja é enorme, queria ver tudo, caroçar mesmo.
Mas ela não deixava.
Logo que entrei ela veio me oferecer ajuda e eu disse que ia olhar e SE precisasse chamava ela. Educadamente perguntei seu nome e pronto, tava tudo combinado certo?
NOT!
Ela colou.
Tudo que eu pegava ela tinha um comentário, algo do tipo :" Lindo né?" ou " Esse eu adoro!"
Eu trabalhei anos em loja e sei que, se tem uma coisa que a cliente leva de impulso, isso se chama CAMISETA!!! e não mesa e 4 cadeiras.
Pra isso tem que olhar, voltar, medir, etc...
Mas a pentelha na minha cola e eu irritada.
Depois de horas de perseguição frenetica resolvi perguntar os preços e as medidas das peças que me interessaram, ela o fez.
Anotou tudo direitinho e me deu junto com seu cartão.
Falei que ia pensar e se fosse o caso voltaria no sábado.
Ela concordou e fez menção de me acompanhar até a porta.
Falei que continuaria olhando porque queria ver os enfeites, etc...
Ela concordou com um sorriso amarelo e ...
Me seguiu!!
Sim, ela me seguiu quando eu queria ficar sozinha caroçando, fuçando, olhando preço de tudo.
Será que ela tava com medo que eu roubasse alguma coisa?
Pode ser, eu não inspiro muita confianca, devo ter uma vibe meio Winona Ryder.
Fui embora irritada e p da vida porque eu tinha gostado de umas coisinhas que tinha lá, coisas que até daria pra eu ter levado na hora.
Mas me irritou muito, e sai de lá de mãos abanando. E se eu voltar pra comprar, só de birra vou procurar outra vendedora.
Aquela chatinha grudenta não!
Quero de volta meu direito de caroçar sem ser incomodada.
Dane–se o Freedman!! ( aquele curso para vendedores de varejo)

8 comentários:

  1. Pat ,
    to chorando de rir de imaginar!
    Isso é puro freedman, rs que ensina a vendedora a puxar qq assunto para fazer vinculo, haha
    eu também odeio essas situs!
    Bjo

    ResponderExcluir
  2. Olha, taí uma coisa que me tira do sério é vendedora atrás de mim. Um saco! Realmente chego a deixar de comprar quando isso acontece. E o pior que são as chatinhas e breguinhas que ficam de "sombra". Boring total!!
    Mas para mim, outra coisa que me deixa irada é vc estar na esteira do mercado, colocando suas compras (ou pagando)e a próxima pessoa GRUDAR em vc, ao ponto de quase ver sua senha do cartão. Isso, sim, para mim é a treva!!!

    ResponderExcluir
  3. Pela classe das vendedoras que venho aqui esclarecer o foto:

    Vcs acham mesmo que a gente, vendedoras, queremos ajudar vcs??? Ou perseguir vcs???? Ou ficar dizendo que lindo ou que merda??? OBEVEO que naummmmmm...
    Para todo vendedor o cliente dos sonhos entraria na loja e iria para o caixaaaaaaa!!! E ele mesmo empacotaria suas compras tipo supermercado.

    As pobres almas e infekizes vendedoras SAO OBRIGADAS a fazer isso. Porque a gerente tá ali, fazeno nada, só tomando nota para ver se vc fez "frase de abertura", se vc fez "schmoozing", etc .... VENDEDORAS SAO POBRES ALMAS NUM PURGATORIO SEM SIM.
    Dá proxima vez que alguma pedir sua ajuda .... DEIXE-A te ajudar!!!! É solidario .. é ecologicamente correto .... te fará ir para o céu!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. HAHAAAHHAHAA

    Gata, eu consigo imaginar a cena certinho de você sendo perseguida na loja e a sua expressão!! rsrsrsrsrs... deve ter sido uma cena muito engraçada! rsrsrsrsrs

    Mas isso é uóooo mesmo!!! Nossa! Teve uma vez que eu tava no Dolphin Mall em Miami e passei por uma lojinda de cosméticos! O vendedor quase me agride! Primeiro ele já chega me perguntando da onde eu sou: "Brasil, uh?? Coreentcheeans, Rio de Janeyro" - com aquele sotaque americano uóo! Daí ele pergunta se eu não queria dar um presente pra minha namorada... e a afirmação se torna uma pergunta... girlfriend?? or boyfriend?? is boyfriend, uh? uh?? Tudo bem que eu sou quase uma vagina ambulante, mas achei super deselegante esse tipo de pergunta!!

    Gata, daí ele pega a minha mão e esfrega uma borracha bafônica na minha unha que deixa ela brilhando instantâneamente! como se eu tivesse passado base!! fiquei passado!! Daí ele me pergunta "you're going to take it, right?!" e eu "not sure".. e ele começa a gritar comigo "money or card??" e eu "no, no".. e ele fala mais alto "MONEY OR CARD????"... ao mesmo tempo que ele coloca o produto dentro da sacola pra eu levar, como se a compra já tivesse sido finalizada! ain, mona, virei as costas e praticamente fugi de lá! Deixei ele falando sozinho. E o pior é que eu ameeei aquele polidor instantâneo de unhas! Se ele não tivesse sido tão agressivo, juro que teria comprado! E só não dei queixa na gerência do shopping porque eu tava com muita pressa!

    Bjooon

    ResponderExcluir
  5. Meu cu que deixo me ajudar!!! hahaha ODEIO esse jeito Freedman de atendimento, desvio de 180 graus e tals. Sou escolada nisso baby! To no ramo desde os 17 esqueceu?
    E se eu quisesse dar a Elza em algum vasinho hein? como ficava?

    ResponderExcluir
  6. kkkkkkkkkkkkk pat to igual a foligato...venho aqui defender nossa classe que por pura pressáo tem que ficar atrás de clientes pentelhos, que só querem da uma olhadinhaaaaaaaaaa...odeio qd diz issso...rsss
    Tem ma lá na loja que vai todo sabado perguntar se chegou bolsa saiade...olha como ela fala...já é conhecida e as novatas náo sabemm..rsss qd ela pinta no estacionamento eu...sósó ja estou no estoque morrendo de dor de cabeça..rssss Agora imagina um caroço em pleno sabado perguntando se tem bolsa SAIADE.....e náo SAAD...é por isso que qd entra na loja uma com cara de caroço colamos para ela ficar irritada e logo sair fora....
    bjs mana..rss

    ResponderExcluir
  7. kkkk isso aqui ta mto bom, nao sei quem é mais engraçado...
    Eu acho que, se o vendedor é treinado pra atender ficando assim na cola ta tudo errado e a culpa nao é dele.
    Eu tb odeio, acho que deveria ser treinado a ser um pouco analista pra entender se o cliente quer conversar, quer opinioes etc. e
    qual o estado de animo ou intençao dele naquela visita.
    Isso nao quer dizer tb que precisa cagar pras clientes como sao os vendedores aqui na italia hahahaha.
    Eu gostava das dasluzetes que me deixavam bem à vontade.....
    To de volta, bjsss

    ResponderExcluir

Comenta, mas não ofende tá?